O POVO DA NÉVOA DEVIR LIVRO H. RIDER HAGGARD NOVO

Código: PJX267EQY
R$ 35,00
até 2x de R$ 17,50 sem juros
ou R$ 33,25 via Depósito
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 35,00 sem juros
    • 2x de R$ 17,50 sem juros
    • 3x de R$ 12,22
    • 4x de R$ 9,37
    • 5x de R$ 7,64
    • 6x de R$ 6,45
    • 1x de R$ 35,00 sem juros
    • 2x de R$ 17,50 sem juros
    • 3x de R$ 12,22
    • 4x de R$ 9,37
    • 5x de R$ 7,64
    • 6x de R$ 6,45
  • R$ 35,00 Boleto Bancário
  • R$ 33,25 Deposito
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

 

AÇAI GAMES

O POVO DA NÉVOA DEVIR LIVRO H. RIDER HAGGARD NOVO

Original, nacional, novo,

Livro em português do brasil, publicação nacional

Produto já com seu preço mínimo, não aceitamos menos

Este produto está disponível apenas para venda

 

 

15

 

 

O POVO DA NÉVOA DEVIR LIVRO H. RIDER HAGGARD

 

 

Autor:h. Rider haggard

Acabamento: brochura com laminação e orelhas

Miolo: 352 páginas preto e branco, em papel off-set 75 g/m²

Formato: 14,0 cm × 21,0 cm

 

 

Do criador de allan quatermain e as minas do rei salomão

 

 

H. Rider haggard (1856-1925) foi um dos principais introdutores das histórias de mundo perdido na ficção científica e fantasia. O povo da névoa (1894) é um dos melhores exemplos: o aventureiro inglês leonard outram busca fortuna na áfrica. Após salvar uma mulher portuguesa da escravidão, ele e seus companheirosencontram o lendário povo da névoa e são envolvidos no conflito entre o seu monarca e um culto que adora um gigantesco deus-crocodilo.

 

 

“a paixão africana”, através dos tempos, é insubstituível. Talvez até incurável. E os que não tiveram ainda a possibilidade de visitar, in loco, o “continente negro”, alimentam o sonho de fazê-lo algum dia...

 

 

Não concretizado este anseio, porém, liberam a imaginação que, na sua incansável fertilidade, os conduzem a viver em reinos fantásticos, como os criados por h. Rider haggard, ou a participar das incríveis proezas nas selvas de edgar rice burroughs, quando não a reviver as aventuras de e. Hemingway nas alturas do kilimandjaro.

 

 

Mas a áfrica que permanece no anseio de muitos é aquela que cativa um eça de queiroz, tornando-o de tal maneira enfeitiçado que, ao verter as minas do rei salomão incorporou a tradução à relação de seus livros e, como tal, usufruindo da projeção da obra do escritor inglês, acrescentou-a ao seu alto prestígio intelectual no mundo das letras, levando o leitor — como o signatário das presentes linhas, cujo primeiro livro que teve em mãos foi exatamente a aventura nas terras de rider haggard — a enxergá-la, durante muito tempo, como sendo de autoria do grande autor português.

 

 

Essa áfrica, portanto, não é a áfrica de agora, em que seus povos e suas riquezas estão sendo, ainda hoje, metódica e sistematicamente espoliados não só por seus ditadores como pelo capitalismo internacional, e assistindo, ao mesmo tempo, a destruição inclemente de suas populações por epidemias ou guerras intestinas.

 

 

A áfrica que enche as páginas de o povo da névoa é aquela que rider haggard conheceu — e onde viveu parte de sua existência. À realidade vivida, porém, acrescentou sua realidade imaginada, cumprindo, assim, a obrigação que mario vargas llosa estabeleceria posteriormente na sua compreensão de tirant lo blanc (in joanot martorel, tirant lo blanc, trad. De cláudio giordano, ed. Giordano, sp, 1998, p. Liv): “a primeira obrigação de um romance é independer-se do mundo real, impor-se ao leitor como uma realidade autônoma, válida por si mesma, capaz de convencer sobre sua verdade graças à sua coerência interna e à sua verossimilhança íntima, e não por sua subordinação ao mundo real”.

 

 

 

H. Rider haggard assim procede, magistralmente, ao criar — e como são inúmeros os seus mundos, que emergem de uma incansável e inesgotável imaginação! —, inventando, nas palavras de lin carter, “a novela de raças perdidas”, tornando-se, assim, “o mestre imbatível do romance de aventuras e um dos maiores autores fantásticos que o mundo já conheceu”. (ao leitor curioso, v. The encyclopedia of science fiction, de clute e nichols, st. Martin’s press, ny, 1993, p. 531-533.)

 

 

15

 

15

 

 

Produtos relacionados

R$ 35,00
até 2x de R$ 17,50 sem juros
ou R$ 33,25 via Depósito
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

Loja virtual com endereço para entrega em Ananindeua Pará. Trabalhamos com: informática, games, rpg, tabuleiro, cartas, brinquedos, livros e revistas.

Social
Pague com
  • Mercado Pago
  • Depósito Bancário
Selos

Aries Informática - CNPJ: 19.296.685/0001-93 © Todos os direitos reservados. 2018